sexta-feira, 7 de agosto de 2009

CAMPING CLUB DO BRASIL por Marcos Pivari

ATENÇÃO Problemas !!!

-   -   -   -   -   -   -   -   -   -   -   -   -   -   - 

Esta seção vem alertar e denunciar os fatos e realidade da situação dos campings do CCB, para que os campistas e associados não sejam prejudicados ao viajarem iludidos pelas falsas-promessas da associação.

Diversos campistas têm se reportado ao site MaCamp, injdignados pelas "viagens perdidas", devido às promessas de estabelecimentos e seus atrativos que muitas vezes não existem...

REALIDADE DO CCB E DIVERGÊNCIAS COM SUAS DIVULGAÇÕES

Campistas são iludidos por falsas notícias

Não é de hoje, e sequer novidade, que o CCB passa por uma imensa crise. Porém nunca seus associados estiveram tão desacreditados na retomada do clube, quanto agora, diante da decadência que apresentam seus estabelecimentos.

Diversos campings estão sendo fechados e inúmeros estão abandonados e sem funcionamento, apesar de não estar sendo veiculado no próprio jornal da associação. Diante disso tudo, surpreende-se a presença do CCB com estande próprio no salão do Turismo 2009 de São Paulo, divulgando sua rede de campings como se estivesse em pleno funcionamento e vendendo títulos aos iludidos desavisados que passavam pelo evento. Lembrando: O jornal de julho de 2009 já traz os reajustes de pernoites e taxas de uso deste ano.

Prova do descaso e das falsas promessas, é o camping de Caldas Novas. O jornal da associação publicou neste mês de julho de 2009 em reportagem de CAPA, o estabelecimento como grande opção para o associado. Ao que parece, seus redatores sequer ficaram sabendo que o mesmo estava, até tempos atrás, abandonado, sem guarda-camping e com a luz elétrica cortada. Sua fotografia, assim como em outras edições foram tiradas há anos atrás, iludindo o associado. Relatos da Campista Alcídia enviados ao MaCamp, contam que ao se hospedar no camping seguindo a indicação do jornal, o encontrou em péssimo estado de conservação e com um novo casal de guarda-camping. Suas piscinas estavas sujas e vazias e as instalações completamente precárias. A mesma saiu pagando um preço alto pelas diárias, sendo que foi necessário passar os dias em clubes, já que o camping nada ofereceu.

Após os associados começarem a se revoltar com a falsa-divulgação de funcionamento dos campings, o CCB agora usa de um método discretamente disfarçado para se esquivar das reclamações, colocando nas especificações dos campings no "Placar" de seu jornal oficial, como "camping em obras" ou como "instalações provisórias". No caso do Camping de Praia do Leste - PR, o mesmo permanece FECHADO há mais de 5 anos. Primeiro passou-se um grande período constando como funcionando normalmente, fazendo com que os campistas dessem de cara com o portão fechado, após se dirigirem para lá. Depois, passou a constar como "em obras". ao final, consta-se com "instalações interrompidas", mas sendo contabilizado para o total de estabelecimentos no País. Mesmo há mais de 5 anos fechado e abandonado, seus preços de pernoites são cuidadosamente reajustados anualmente.

-Para se ter uma idéia, o CCB hoje divulga o número de 35 campings em sua rede. Mal sabem os campistas que este número já passou de 60, porém sendo perdidos paulatinamente ao longo dos anos, sempre com ótimas explicações e justificativas por parte da diretoria nacional. Desses 35 campings, 4 deles estão declaradamente fechados pelo Jornal- são Eles: Conceição da Barra-ES; Juiz de Fora-MG; Praia de Leste-PR; Araruama II. Sem falar do camping de Pernambuco, que simplesmente foi retirado da listagem, por estar completamente perdido e destruído, sem qualquer explicação ou alerta pela direção na ocasião.

-Além desses, outros campings permanecem fechados e abandonados, estes sem o apontamento da direção - são eles: Alcobaça-BA (com relatos sobre fechamento desde janeiro até pelo menos maio de 2009); Engenho Monjope-PE, que como dissemos, fora subtraído sem qualquer aviso.

-Outros campings estão em situação oscilativa, onde vez e outra recebemos informações de abandono ou desativação. São eles: Canavieiras-BA (que passou grande temporada sem luz elétrica); Caldas Novas-GO (por motivos já expostos acima); Itabirito-MG; Arraial do Cabo-RJ (Muitas reclamações de inaptidão para o acampamento); Garibaldi-RS (vira e mexe está desativado).

-Dos 26 campings que restam, 6 deles também têm sido alvos de muitas reclamações e rejeições por parte dos campistas: Curitiba-PR (Notícias de descaso); Foz do Iguaçu-PR (Notícias de descaso); Cabo Frio-RJ (Recentes reclamações, apesar de outras em certas temporadas, contrárias); Paraty-RJ (Recentes reclamações de descaso); Canela-RS (Notícias de descaso); Aracaju-SE (Notícias de descaso).

-Outros campings possuem recentes reclamações: Itanhaém e Campos do jordão-SP (Apesar de funcionando, possuem muito descaso e precariedade, além da falta de atenção com seus guarda-campings); Bertioga-SP e Praia das Neves (O próprio CCb os divulga como "provisórios").

- Restam-se assim, 15 Campings em funcionamento, sendo destacados como "ótimos" os campings de Prado-BA; Ubatuba-SP; Serrinha-RJ. Estes, é claro, até onde agüentarem a crise e o descaso com que a associação passa atualmente.

Artigo escrito por Marcos Pivari  (http://www.macamp.com.br/CCB9.htm)

6 comentários:

  1. Quero parabenizar a exposição sobo o CCB.
    Não sou socio desta entidade, porem ja tive o desprazer (como proprietario de Motor Home) de conhecer alguns destes locais e sempre tive as piores impressões, o que numca me motivou a associar-me.
    Acredito que se tivessemos uma organização seria, que oferecesse boas instalações, esta poderia prosperar e nós campistas poderiamos "praticar o nosso esporte" com muito mais tranquilidade.


    Renato de Borba

    Membro do Grupo Rodamundo/SC

    ResponderExcluir
  2. Quero postar uma reclamacao,eu tenho uma barraca no camping de bertioga e estou tentando vender mais não consigo.As pessoas ligam lá pedindo informação se tem alguma barraca a banda e ele diz que não atem nada a venda,fiz o teste e pedi para um amigo ligar e ver o que ele falava,e ele disse que não tinha nada a venda...Isso e uma pita sacanagem.Fayne

    ResponderExcluir
  3. Sou campista e gosto de viajar com meu trailer, e como não conhecia fui visitar o camping de ubatuba, aparentemente bem organizado, e, como gostaria de estacionar meu veículo, deixando-o como se fixo fosse, a falta de informações claras e confiante, me deixou preocupado.
    Perguntei quem era o responsável e fui informado que o mesmo tinha sido demitido ou exonerado, não sabendo informar, fiquei sem saber se era diretor, gerente, encarregado.
    Afinal, quem define o responsável pelos campings. Se alguém souber me informe, por favor.
    Roberto

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Quero comprar um titulo de sócio proprietario alquém vendendo.

    ResponderExcluir